quinta-feira, 15 de julho de 2010

Congonhas

Estou em São Paulo e, como sempre acontece quando venho para cá, hospedado em um apartamento em Moema. O Bairro de Moema é dividido em dois: Moema pássaros, onde as ruas tem nome de Rouxinol, Pavão, Pintassilgo, etc..., e Moema índios, onde as ruas tem nomes indígenas, nomes que não vou me atrever a escrever aqui.

Aeroporto

Outra característica de Moema é que a aproximação de uma das cabeceiras da pista do aeroporto de Congonhas é feita passando exatamente por cima do bairro o que permite que se acompanhe o movimento do aeroporto com facilidade.

Congonhas parado

Acabei de ouvir na rádio CBN que o aeroporto de Congonhas está aberto para pousos e decolagens, porém opera por instrumentos. Surpreendentemente, ninguém está pousando por aqui. Pouquíssimos aviões realizaram pousos até agora hoje.


Conversa com pilotos

Há algum tempo, conversando com pessoas ligadas à aviação civil, especificamente um ex-piloto comercial, ele me afirmou que a maioria dos pilotos das grandes companhias aéreas brasileiras não tem o treinamento necessário para pousar suas aeronaves por instrumento. Não que não tenham capacitação técnica, não é isso. Esses pilotos não teriam a autorização formal e burocrática das autoridades de aviação e, por isso, muitos pousos e decolagens estariam deixando de ser feitos no Brasil.

Silêncio

Pelo silêncio nos céus de Moema esta manhã, aquela conversa faz algum sentido. A informação é de que o aeroporto de Congonhas está aberto a pousos e decolagens por instrumento, mas que está tudo praticamente parado, isto está. Opa! Olha só um avião pousando para destruir minha tese...

2 comentários:

  1. Rafael Marcato Geroldi16 de julho de 2010 12:54

    Oi Alexandre Kireeff, boa tarde!


    Tenho acompanhado seus projetos e trabalhos e confesso que estou muito otimista em vê-lo representando o Paraná em Brasília! Sou piloto comercial, e percebi pelo teu relato que há um pouco de "aviador" em teu sangue, pois apreciar pousos e decolagens em Congonhas revela um certo apreço pela atividade (rsrssrrs).

    Por favor, te faço um pedido especial. Quando eleito (tenho fé que será), não esqueça da aviação brasileira. Precisamos de reformas (tanto infra-estrutura como adminstrativas) urgentes, para dessa forma permitir que a aviação se desenvolva em nosso país, para a segurança e conforto de passageiros, tripulantes e usuários em geral.

    Um forte abraço!

    Rafael M. Geroldi

    ResponderExcluir
  2. Nossa A.Kireeff quem é o candidato vc ou seu coordenador,kkkkkkk,abre o olho.

    ResponderExcluir